Guia do Empreendedor Zaená: como usar essa ferramenta incrível!

GUIA_PREENCHIDO-2

Guia do Empreendedor Zaená: como usar essa ferramenta incrível!

Compartilhe isto!

FacebookTwitterGooglePinterestPocket

Se você comprou o Guia do Empreendedor Zaená ou está curioso para saber como ele funciona e como pode resolver os seus problemas, aqui vai um passo-a-passo de como ele vai te ajudar. Ele é dividido em 6 partes com assuntos que podem te assombrar no momento, rs. Mas não se desespere! O guia nasceu para te ajudar e, apesar de ele ter uma explicação em cada parte, esse post vai tirar as principais dúvidas que você pode ter a respeito desse produto lindo! Então vamos lá:

PARTE 1: PLANEJAMENTO SEMANAL

Essa parte nada mais é do que um planner semanal compacto. “Ai, mas eu já tenho um planner e não teria mais coisa para planejar a ponto de usar outro”. Acredite em mim: você tem, sim. Como anda o planejamento das suas postagens? E um controle de vendas de cada dia? Documentação da sua produção, divulgação de produtos e serviços, controle do seu blog… tudo isso você pode inserir no seu planner semanal empresarial (até rimou!).

São 53 folhas, equivalentes às semanas do ano, que compõem o planner não-datado. Em cada dia é possível escrever quais são as prioridades – marcadas com estrelinhas – e fazer o controle de postagens nas redes sociais. Além disso, há um espaço para você preencher qual é a meta da semana e outro espaço para avaliar como foi a semana que passou, definindo atavés de emoticons. Eu resolvi planejar de um jeito divertido: usando tópicos e fazendo uma graça com letras diferentes. Esse virou meu novo exercício semanal de relaxamento! Para definir as tarefas que você fez, adiou ou cancelou, você pode usar o mesmo modelo do Planner 2017 Zaená. Dá só uma olhada:

Com esse planner semanal mais livre, fica mais divertido fazer o planejamento da semana da sua empresa no Guia do Empreendedor Zaená!

PARTE 2: VENDAS E FLUXO DE CAIXA

São 12 folhas – uma para cada mês – que se dividem em:

Vendas

Aqui você anota tudo que vendeu no dia. Há uma tabela para preencher com o número de pedidos e faturamento para cada dia do mês. É um controle do movimento da sua loja e, se você fez mais de uma venda no dia (torcemos para que isso aconteça!), é só somar tudo e preencher a tabela. Normalmente as plataformas de lojas virtuais disponibilizam esse tipo de relatório, então, se você quiser fazer esse controle somente uma vez por mês, você pode optar por usar essa ferramenta da sua loja virtual.

Por aqui tenho feito esse controle uma vez por semana. A cada dia anoto no planner semanal o total de vendas e passo tudo para o controle de vendas depois. Além desse espaço, você pode anotar observações gerais do mês, como um lançamento importante ou a sua loja que está no modo férias, por exemplo. Isso ajudará você a entender melhor o fluxo de vendas da sua loja posteriormente. A parte de vendas conta também com um espaço destinado às metas de vendas para o próximo mês e aí você pode escrever essa meta em números de pedidos, faturamento, lançamentos, etc. Ao final, um balanço do mês, com o número total de pedidos, faturamento total e produto(s) mais vendido(s).

Fluxo de caixa

Aqui a explicação é simples: basta anotar as entradas e saídas que a sua loja teve, especificando sempre a data, o valor e a descrição. Lembre-se que aqui é o que você realmente movimenta de dinheiro e não o movimento de vendas da sua loja. Não confunda faturamento com recebimento! Muitas vezes você só saca o dinheiro de fato depois de alguns dias (lembre-se das datas de compensação do cartão, sistema da sua loja, etc). A sacada aqui é que você pode criar uma legenda de categorias e analisar os seus gastos e recebimentos. Material, contas, marketing, comissão, contador… tudo isso pode configurar uma categoria diferente. Ao final, a tabela com o saldo anterior, total de entradas, total de saídas e saldo atual, além de um esqueminha para você avaliar como foi o mês da sua empresa financeiramente, de uma a 5 moedinhas 🙂

PARTE 3: ESTOQUE E COMPRAS

Aqui também são 12 folhas: uma para cada mês. Vale lembrar que o Guia do Empreendedor Zaená foi desenvolvido para durar um ano com você e com a sua empresa.

Controle de Estoque

A página de controle de estoque conta com espaço para você anotar as datas importantes do mês, para poder prever seu estoque e planejar suas compras. Você deve adicionar o item, a unidade da qual se trata, o preço de tal unidade daquele item, o estoque atual, o status do estoque e a compra (se deve ser feita ou não e espaço para a data da compra). Por exemplo: papel opaline é contado em pacote e cada pacote custa R$14,40 (isso te ajuda a precificar seu produto mais tarde). O estoque atual de papel opaline é um pacote e meio, que é considerado abaixo do ideal (considerando as datas do mês). A compra deve ser feita em breve e, quando for feita, anotarei a data da compra para poder ter o controle do material que entra por aqui. Caso precise de uma lista de compras, é só virar a página!

Wishlist e controle da empresa

Essa parte do Guia do Empreendedor Zaená é dividida nas seguintes partes:

  • Preciso comprar: essa é a lista de compras do mês da sua empresa. Aqui você coloca todo o material e suprimentos para a sua empresa. No meu caso, um armário novo é imprescindível (ele estava na parte de investimentos futuros, mas a coisa apertou por aqui!), além do material levantado no controle de estoque.
  • Quero comprar: aqui entram coisas que não são da sua lista de compras, mas que você deseja comprar um dia. Não é algo que interfira tanto na rotina da sua empresa no momento, mas também não é algo que se deva desconsiderar.
  • Para investir no futuro: cursos que você queira fazer, implementações no seu espaço físico, um coaching de carreira, aquele coworking que você deseja frequentar, etc.
  • Não faz mais sentido: aqui você anota tudo que não faz mais sentido para a sua loja, seja um produto que vai sair de linha, seja um material que está parado no seu estoque esperando a hora de ser usado e que, convenhamos, você nunca vai usar. É sempre bom fazer circular as energias para as coisas poderem andar!

PARTE 4: FORNECEDORES

Não tem segredo: na parte 4 do Guia do Empreendedor Zaená você vai fichar seus fornecedores com todas as informações importantes deles. Chega de ter que buscar um material e não saber onde é o endereço! Evite aquela sensação de lembrar o produto fornecido e não lembrar o nome exato de uma gráfica que você cogitou orçar uma vez, ou então ficar caçando um e-mail antigo na sua caixa de entrada para descobrir o preço/telefone/endereço. Além de todos os dados, você pode adicionar os produtos fornecidos e faixas de preços, bem como observações importantes.

PARTE 5: LISTA DE PRODUTOS

Aqui você vai poder anotar tudo relacionado aos produtos que você faz e/ou vende. Desde as especificações físicas até preços e medidas. Também é possível anotar as dimensões e peso do pacote no qual ele é enviado, para facilitar a consulta do valor do frete do produto. Na parte de especificações, é possível anotar as variações, o modo de fazer, os “moldes” e anotações importantes, como um frete fixo, por exemplo. Assim você sabe sempre onde encontrar as medidas daquele produto que você já não faz há algum tempo (quem nunca?).

PARTE 6: NOVOS PROJETOS

Essa é a parte mais livre do seu Guia do Empreendedor Zaená! São 20 folhas pontilhadas para você anotar seus sonhos, metas, novos projetos e produtos, fazer um brainstorm legal para aquele produto novo que você quer lançar. Ou então planejar cuidadosamente seus novos lançamentos, cronogramas, etc. É a nova casa das ideias borbulhantes relacionadas à sua empresa!

O Guia do Empreendedor Zaená é uma ferramenta multipotencial para ajudar a organizar as pequenas empresas.

 

E você, como organiza o seu negócio? É mais adepto do papel ou do digital? Me conta nos comentários!

Ah, e se quiser comprar seu Guia do Empreendedor Zaená, é só clicar AQUI.

Compartilhe isto!

FacebookTwitterGooglePinterestPocket